Gravuras

Camadas de passado:  Desdobramentos gráficos de um tempo fugidio 

 

       Esta pesquisa poética foi desenvolvida a partir do questionamento sobre o tempo e as formas de esse se revelar e ser percebido por todos que vivem sob sua ação, mesmo sem compreendê-la totalmente.

       É fato que todos sofrem a ação do tempo. A partir desta constatação determinei que o suporte com o qual iria trabalhar para refletir a ação da passagem do tempo seriam placas de metal corroídas, impressas sobre papel.  

      Dessa forma, ao utilizar a linguagem gráfica, pude revelar as marcas que a ação do tempo deixa sobre a superfície das placas de metal ao capturar, na superfície do papel, a ferrugem provocada pelo desgaste da matéria.  

        O projeto ganhou novas dimensões a partir do momento em que o processo de impressão foi realizado. O fazer redimensionou meu olhar sobre o trabalho e a partir das reflexões sobre os resultados obtidos refleti também sobre o caráter circular da ação do tempo, ao perceber que este age sobre a matéria, atingindo e desgastando-a em ambos os lados e em todas as direções. 

Preparando as camadas...

Camadas de passado I

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/6

Camadas de passado II

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/7

Camadas de passado III

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/6

Camadas de passado IV

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/6

Camadas de passado V

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/10

Camadas de passado VI

press to zoom

press to zoom
1/1